Experiência em Varejo Multicanal

experiência de varejo multicanal

Experiência em Varejo Multicanal

Multi-canal, ao contrário de multiplataforma, o varejo não é um conceito novo; ele já existe há bastante tempo - provavelmente desde quando os primeiros varejistas decidiram produzir catálogos de venda por correspondência nos anos 30 na Grã-Bretanha (embora os catálogos de venda por correspondência já existissem por direito próprio há muito mais tempo do que isso). Desde então, e provavelmente antes, os varejistas têm procurado continuamente novos pontos de venda e novas maneiras de vender seus produtos. Até que apareceu a Internet, não havia muitas inovações no campo desde o catálogo de venda por correspondência, embora a TV tivesse oferecido algumas oportunidades de experimentação. O aumento do ritmo do desenvolvimento tecnológico e o advento da World Wide Web mudaram tudo.

A web oferecia não apenas um novo ponto de venda potencial e exposição em massa a novos clientes; ela realmente oferecia a possibilidade de um mundo completamente novo para os varejistas, onde as lojas de tijolos e argamassa e o contato direto e físico com o cliente não eram mais vistos como essenciais para fazer vendas. E seu cliente não precisava estar na mesma cidade, área ou mesmo país. Como o hipermercado havia mudado o conceito de compras físicas dos centros das cidades com muitas pequenas lojas especializadas para locais fora da cidade com uma ampla gama de mercadorias sob o mesmo teto, então a Internet mudou o conceito completamente para longe dos mercados físicos.

Até agora, o trânsito tinha sido praticamente um caminho com muitos nomes famosos, como Littlewoods e Woolworths, tornando-se lojas on-line somente depois que seus negócios de rua falharam. Mas agora parece que a maré pode estar virando um pouco com alguns dos grandes nomes do varejo online, como Amazon e Asos, considerando a abertura de lojas nas ruas principais. Há uma convicção crescente entre os analistas do varejo e da propriedade de que esta é uma tendência que será seguida por outros grandes varejistas on-line e que poderia anunciar algo como uma ressurreição do varejo de rua e um interesse renovado no varejo multicanal.

Até certo ponto, a cadeia Argos mostrou o caminho nesta área. Na época, a Argos era varejista de catálogos, mas conseguiu combinar os conceitos de uma presença de rua com o varejo de catálogos e depois com o varejo online, quando a Internet abriu outras avenidas. Continuou a administrar as três vertentes de seu negócio à medida que a Internet cresceu e os pontos de venda nas ruas mais altas diminuíram, sem nenhum dano evidente de maior à sua marca ou negócio.

Esta contra-revolução pode ser mais apropriada para alguns setores do que para outros; por exemplo, os varejistas de moda e de jóias de alto valor muitas vezes se beneficiam da capacidade de visualizar, manusear e usar fisicamente os itens. Dito isto, a Argos oferece uma gama bastante diversificada de produtos, embora com instalações restritas para visualização e manuseio em seus locais de alto valor nas ruas.

Alguns analistas acreditam que esta reintegração inversa, conhecida como "clicks to bricks" ou "etail to retail", é na verdade o futuro para o setor com a reintegração de instalações físicas em negócios on-line para fornecer a experiência completa de compras para os clientes. O básico do conceito seria algo como compradores usando a Internet para identificar as mercadorias que desejam, mas depois visitando os pontos de venda de rua para realmente ver, tentar e comprar os produtos. A premissa subjacente é que os canais individuais se complementam e não estão em concorrência ou separados para que um item encomendado ou comprado de um fio possa ser coletado, devolvido ou trocado através de outro. A esperança é que isto combine a conveniência e a universalidade da Internet com a individualidade e o prazer pessoal que as compras de rua oferecem.

Temos uma vasta experiência no varejo multicanal, e em muitas outras áreas. Se você quiser mais informações ou conselhos sobre qualquer problema de usabilidade do website, por que não aproveitar nosso amplo conhecimento, ligando gratuitamente para 0800 0246 247 ou enviando-nos um e-mail para hello@ux247.com.

Posts relacionados

Deixe um comentário